Portal de Notícias do Município do Funchal.

CMF apoia edição 2021 do Rali Vinho Madeira com 27.500 euros e apoio logístico

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, oficializou, esta manhã, a assinatura do protocolo de colaboração entre a Autarquia e a organização do Rali Vinho Madeira, numa renovação da parceria anual estabelecida com o Clube Sports da Madeira para a realização desta prova emblemática. A Vereadora Dina Letra, que tutela o pelouro do Desporto na CMF, e Paulo Fontes, Presidente do CS Madeira, estiveram igualmente presentes na cerimónia.

Miguel Silva Gouveia referiu, na ocasião, que “os últimos dois anos foram vividos num contexto de pandemia, mas se para algumas pessoas era mais confortável atirar a toalha ao chão e deixar morrer algumas daquelas provas que são cartazes de referência para o Funchal, para este Executivo o caminho passou por nunca baixar os braços e por estar sempre ao lado das associações desportivas que elevam para um patamar nacional e internacional a nossa cidade.”

“A CMF é uma entidade que mantem os seus compromissos para com o desporto mesmo nos momentos mais difíceis. Como tal, e em consonância com o que já tinha feito no ano passado, está a assinar um protocolo de apoio financeiro com o Clube Sports da Madeira, no valor de 27.500 euros, para a realização da mais emblemática prova de rali da Região, ao qual acresce também um conjunto de apoio logístico”, salientou.

O autarca lembrou o repto lançado ao Presidente do C S Madeira e à comissão organizadora do Rali, no sentido de que a prova realizada na Avenida do Mar passe a chamar-se “Super Especial da Cidade do Funchal” e, por sua vez, a classificativa do Chão da Lagoa passe a designar-se por “Parque Ecológico do Funchal”. “Numa perspetiva de relevar o nome e a marca da cidade do Funchal internacionalmente, aliando o nosso património e todo o potencial de lazer e de desporto que o parque tem.”

Na edição deste ano e devido às condições de segurança estas duas passagens pela baixa da cidade e pelo Chão da Lagoa não irão realizar-se. No entanto, “o edil funchalense acredita que “conseguiremos manter o rali ao nível da excelência dos últimos anos, que nós tem permitido oferecer a todos os funchalenses e madeirenses um grande espetáculo automobilístico.”

Miguel Silva Gouveia relevou ainda o trabalho da equipa municipal afeta ao Departamento de Desporto que tem colocado ao serviço da cidade, mesmo com recursos limitados, toda a sua disponibilidade e empenho, e que permitiu que hoje o Funchal “seja um Municipio Amigo do Desporto e reconhecido também pela APOGESD pelas boas práticas desportivas durante a pandemia.”

“Esta é mais um oportunidade para demonstrar que somos um exemplo na organização de provas desportivas e, para isso, apelo também a todos os amantes do rali para que cumpram com as recomendações de segurança emanadas pelas autoridades de saúde. Desejo muita sorte a todos os pilotos e à organização, com a certeza que este será mais um evento de sucesso que levará o nome do Funchal e da Madeira além-fronteiras”, concluiu o Presidente.

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...