Portal de Notícias do Município do Funchal.

CMF atribui apoio financeiro de 5 mil euros à Obra Gay Associação

Autarquia pretende, assim, lutar contra a discriminação nomeadamente em função da orientação sexual e identidade de género, e tornar o Funchal um território que prima pela Igualdade. 

A Câmara Municipal do Funchal aprovou a celebração de um protocolo com a Obra Gay Associação, que consiste num apoio financeiro de cinco mil euros para a realização de ações de formação e sensibilização.

A Autarquia pretende, assim, lutar contra a discriminação nomeadamente em função da orientação sexual e identidade de género, e tornar o Funchal um território que prima pela Igualdade. 

A Obra Gay Associação, através da Opus Gay Madeira, tem trabalho com e para a comunidade LGBTIQ+ do Funchal, com o intuito de dar respostas aos pedidos de apoio e formação, sobretudo no que diz respeito ao campo psicossocial através de ações de sensibilização em escolas e instituições.

Nesse sentido, o apoio financeiro que a Câmara Municipal do Funchal vai atribuir a esta Associação irá permitir que sejam dinamizadas 30 ações de sensibilização sobre o tema “Respeito pela Diferença”,  e 10 ações de formação que irão abordar o tema “Viver a Diversidade: Igualdade de Género, Identidade de Género e Orientação Sexual”, sendo que estas iniciativas serão de participação gratuita para residentes no Funchal.

Com efeito, as ações de sensibilização irão trabalhar os seguintes tópicos:

  • Reconhecer os diferentes géneros e as suas definições;
  • Educar para a sexualidade de acordo com as diferentes orientações sexuais;
  • Microagressões e efeitos da discriminação para a saúde física e mental;
  • Bullying homofóbico e intervenção positiva.

Por seu turno, as ações de formação irão incidir sobre:

  • Aquisição de conhecimentos sobre as realidades que contribuem para a reprodução das desigualdades para as mudar;
  • Facilitar a compreensão de que a Igualdade de Género diz respeito ao bem-estar de todos e de todas;
  • Desenvolver e aprofundar os conhecimentos sobre as diversas orientações sexuais e de géneros;
  • Sensibilizar para os desafios e problemáticas vividas pela comunidade LGBTIQ+.

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito