Portal de Notícias do Município do Funchal.

CMF distinguiu propostas do projeto “Crianças em ParticipAÇÃO”

As 5 escolas que receberam maior número de votos do júri ganharam 1000 euros.

Decorreu durante a tarde de hoje, na Sala da Assembleia Municipal, a sessão de apresentação das propostas do projeto “Crianças em ParticipAÇÃO”, uma iniciativa da Autarquia que visa promover a participação e o interesse de crianças que frequentem o 1º ciclo de escolaridade em questões da vida cívica, política e social da comunidade.

A atividade deste ano centrou-se na dinâmica de auscultação da comunidade educativa para a apresentação de projetos que fossem uma mais-valia para a escola. O Presidente da CMF, Miguel Silva Gouveia, acompanhado pela Vereadora que tem o pelouro da Educação, Madalena Nunes, e pelo restante Executivo Municipal, presidiu à sessão de apresentação das propostas que contou com a participação de um total de 50 crianças, distribuídas por 6 escolas.

Neste sentido, cada estabelecimento de ensino apresentou uma proposta, contextualizada com base nas necessidades identificadas pelos alunos, para poderem melhorar as condições de estudo e os espaços de recreio. As 5 escolas que receberam maior número de votos do júri, e que ganharam 1000 euros para dar seguimento a estes projetos, foram:

1º lugar – Escola B1/PE d Monte – Criação de um espaço para laboratório (14 votos).

2º lugar – Escola B1/PE da Achada – Dotar a biblioteca da escola com livros educativos, obras do Plano Nacional de Leitura, e jogos didáticos (13 votos).

3º lugar – Escola B1/PE Eleutério de Aguiar – “Parque Natura” (10 votos).

4º lugar – Escola B1/PE Ladeira – Substituição dos estores da sala de TIC (Tecnologia de Informação e Comunicação) – (8 votos).

5º lugar – Escola/Externato São João Equipar a sala de aula ITEC (Inovação Tecnológica na Educação Criativa) com um ecrã interativo (8 votos).

A Vereadora Madalena Nunes agradeceu, na ocasião, “a presença e o empenho de toda a comunidade escolar nesta iniciativa”, e enalteceu que é fundamental para o Funchal, “que se continue a promover a participação ativa de todos na vida da cidade, e obviamente que as crianças, enquanto cidadãos sujeitos de direitos e de sonhos, também estão incluídas neste processo.”

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...