Portal de Notícias do Município do Funchal.

CMF e Movimento Madeira Autonomia lançam exposição online que celebra a história e autonomia da Região

O projeto desenvolvido no âmbito de um protocolo entre a CMF e a MMA esta disponível em https://madeiraphotostory.pt.

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, acompanhado pelo responsável do MMA – Associação Movimento Madeira Autonomia, Eduardo Freitas, apresentaram, esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o repositório fotográfico online sobre a cidade e a Região desde o século XVIII.

Miguel Silva Gouveia começou por cumprimentar “todos aqueles que contribuíram para o sucesso deste projeto”, salientando, de seguida, que esta iniciativa foi desde a primeira hora acarinhada pela CMF, “este Executivo não tem poupado esforços no sentido de contribuir para todos os projetos culturais que aportem valor à nossa cidade.”

“Este foi um projeto que imediatamente identificamos o valor intrínseco cultural, que traz à nossa identidade atual toda uma bagagem histórica daqueles que passaram pela Região, que trouxeram muito do Mundo à Madeira, mas que também levaram a Madeira ao Mundo”, acrescentou.

O projeto estava inicialmente previsto para culminar numa exposição presencial. No entanto, devido a todas as condicionantes da pandemia a mesma acabou por não se realizar, “com uma grande capacidade de adaptação e com criatividade, conseguimos transformar este trabalho numa exposição online, mantendo todo o seu valor disponível à população madeirense, a todos aqueles que nos visitam, e aos demais interessados.”

“A autonomia é mais do que sentidos de alma, é uma forma de estar, uma forma de ser do madeirense. Nós somos intrinsecamente autonomistas praticantes muito por força das circunstâncias a que fomos obrigados. O espírito autonómico vem de longe, mas, acima de tudo, não podemos deixá-lo esboroar em dialéticas politicas que o utilizam como armas de arremesso. A autonomia deve ser praticada, devemos utilizar os instrumentos autonómicos e colocá-los ao serviço das nossas populações.”

O Presidente conclui que “do ponto de vista da nossa candidatura a Capital Europeia da Cultura, este projeto vem qualificar a oferta cultural da cidade, registando e oferecendo uma visão histórica daquilo que já vivemos, e que nos deixa também alguma confiança de que iremos conseguir ultrapassar as adversidades que o Mundo reserva ao Funchal e à Madeira. Temos esse legado histórico e com certeza iremos projetá-lo para o futuro.”

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...