Portal de Notícias do Município do Funchal.

Complexos balneares registam mais de 65 mil entradas entre junho e julho

Desde 2020 as praias tuteladas pelo município cumprem com todas as normas e orientações emanadas pelo IASAÚDE.

Os quatro complexos balneares da Frente MarFunchal, nomeadamente o Lido, Ponta Gorda, Barreirinha e Poças do Gomes (Doca do Cavacas) registaram mais de 65 mil entradas entre o mês de junho e o mês de julho, até agora.

No mês em que se iniciou a época balnear foram registados 23357 acessos às praias tuteladas por esta empresa municipal, sendo que o complexo balnear do Lido destaca-se no número de utentes (12631), seguindo-se a Ponta Gorda (5963), a Doca do Cavacas (3754) e, por fim, a Barreirinha (1009).

No que concerne ao mês corrente, a tendência volta a repetir-se, com o Lido a destacar-se dos restantes espaços com 19481 entradas. De referir que, no dia 16 de julho, na última sexta-feira, reabriu o snack-bar no interior deste complexo, após a Câmara Municipal do Funchal ter aberto um concurso público para a exploração do mesmo.

A Ponta Gorda registou, até ao momento, 12692 entradas, e em terceiro lugar de afluência surge a Doca do Cavacas (5290). Finalmente, surge a praia do coração da cidade, a Barreirinha, com 4580 acessos. Assim sendo, até meados de julho, os quatro complexos balneares somam 42043 entradas.

De referir que, desde o ano passado, as praias tuteladas pelo município cumprem com todas as normas e orientações emanadas pelo IASAÚDE, nomeadamente através da restrição do número de entradas e da circulação nas zonas de lazer.

Nesse sentido, houve um investimento na sinalética em todos os complexos balneares, identificando os percursos pedonais, e fixando também uma lotação máxima de pessoas no interior das piscinas, de acordo com o rácio estabelecido pelas autoridades de saúde.

A Autarquia investiu, igualmente, cerca de 40 mil euros em obras de manutenção e reabilitação dos complexos antes da abertura da época balnear deste ano.

Além disso, os utentes continuam a ser sensibilizados para as recomendações de distanciamento social e uso de máscara nos espaços fechados. Desde o dia 1 de julho, os complexos balneares funcionam em horário contínuo, sem intervalos, mas continuam com regras apertadas de higienização, incluindo as espreguiçadeiras e corrimões, de forma a garantir a segurança dos utentes, uma prioridade da Frente MarFunchal.

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...