Portal de Notícias do Município do Funchal.

Funchal apresentou publicamente o seu Plano Municipal de Juventude

O FunJovem 20-30 foi construído por jovens e para jovens.

A Câmara Municipal do Funchal apresentou esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o primeiro Plano Municipal de Juventude – FunJovem 20-30, que é direcionado aos jovens dos 14 aos 30 anos que vivem, estudam ou trabalham no Funchal. A cerimónia de apresentação pública contou com a presença do Presidente da CMF, Miguel Silva Gouveia, da Vereadora com o Pelouro da Juventude, Dina Letra, e com o coordenador do plano, Francisco Dionísio.

Miguel Silva Gouveia começou por explicar que no mandato anterior o Executivo camarário “criou o Conselho Municipal de Juventude, com o intuito de reunir e identificar um conjunto de lacunas existentes nas políticas de juventude da cidade. Desse trabalho, foi bem visível a falta de um plano que pudesse congregar a visão das diferentes associações que o Funchal tem, seja de caráter formativo, cultural, social ou desportivo”.

“Dentro do Conselho criamos uma equipa de trabalho que brilhantemente levou a cabo a construção deste Plano Municipal de Juventude, extremamente participado, e onde estão incluídas as abordagens e sonhos das diferenças forças vivas da juventude do nosso concelho”, acrescentou.

Das medidas a implementar a curto e médio prazo pelo Plano Municipal de Juventude, destacam-se: a constituição de um gabinete e de uma equipa municipal de juventude; o lançamento do Cartão Jovem Municipal; a criação de um plano anual de atividades para a juventude; lançamento de open-calls; e a criação de um Festival Municipal Jovem, para acontecer anualmente na cidade.

O autarca destacou que o conjunto de iniciativas previstas “permitirá agir de forma estruturante perante aqueles que são problemas que também querem ser atendidos, que são os problemas dos nossos jovens”, e recordou que “todo o Plano foi construído por jovens, com jovens, e a estratégia que o mesmo encerra é uma estratégia totalmente direcionada para jovens.”

Antes da apresentação pública o Plano Municipal de Juventude foi aprovado por unanimidade, tanto pelo Conselho Municipal de Juventude, como também pela Assembleia Municipal do Funchal. O documento encontra-se divido por 7 objetivos: Educação e formação de qualidade; Emancipação jovem; Qualidade de vida para todos; Cidade verde e sustentável; Cidadania e participação juvenil; Impulsionar o associativismo e voluntariado; e Cultura e lazer para todos.

Miguel Silva Gouveia concluiu que “o Funchal como cidade que se quer inclusiva e para todos não poderia deixar de ouvir a sua juventude, que tantos e bons exemplos nos tem dado ao nível da cidadania participativa. Mas mais do que ouvir, queremos permitir que sejam eles próprios os agentes de transformação e de construção da sua cidade, e é a isso que esse plano vem efetivamente responder.”

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...