Portal de Notícias do Município do Funchal.

Madalena Nunes destaca papel do Xarabanda em prol da música tradicional madeirense

O concerto comemorativo dos 40 anos do Xarabanda tem lugar no Cais do Carvão no próximo dia 4 de setembro pelas 21 horas.

A Vereadora com o pelouro da Cultura na Câmara Municipal do Funchal, Madalena Nunes, esteve presente, esta manhã, no Teatro Municipal Baltazar Dias, para acompanhar a apresentação do programa comemorativo dos 40 anos do Xarabanda, uma celebração que será apoiada pela Autarquia.

O concerto comemorativo acontece no dia 4 de setembro às 21 horas, no emblemático Cais do Carvão. O espetáculo contempla um repertório que inclui os mais variados géneros musicais e onde vão participar alguns dos cerca de 40 músicos que passaram pelo grupo ao longo dos anos. Na apresentação, estiveram ainda presentes por parte da Associação Xarabanda, Tozé Cardoso, Roberto Moniz, Roberto Moritz, e Duarte Salgado.

Madalena Nunes começou por destacar o trajeto da Associação Xarabanda referindo que “apesar de ser nos concertos que a música ganha efetivamente forma, o trabalho realizado ao longo dos anos vai muito para além desses momentos, passando por minuciosas pesquisas e recolhas rigorosas, tanto ao nível do áudio como fotográficas, que fizeram com que a música tradicional madeirense se tornasse uma referência para todas as gerações.”

“Neste caminho feito com mérito, as publicações do Xarabanda também já fazem parte do centro de investigação da Universidade da Madeira onde são consultadas por quem está a trabalhar na área académica, fazendo com que a cultura tradicional não seja esquecida e demonstrando que este projeto é um investimento onde vale a pena aplicar as verbas municipais”, acrescentou.

A segunda parte do concerto comemorativo será o resultado da residência artística que ira decorrer de 26 de agosto a 4 de setembro com os músicos Juan de La Fuente (percussão) e Teresa Campos (voz e canto). Esta residência pretende criar um ensemble de voz e percussão, com base em repertório tradicional ibérico escolhido para o efeito.

A CMF apoia anualmente a estrutura da Associação Xarabanda, no âmbito do programa de apoio ao associativismo e a atividades de interesse municipal. Nos últimos dois anos, o apoio foi essencial para promover obras de remodelação na sede do grupo e também para a inventariação de todo o material que faz parte do acervo da Associação.

Madalena Nunes concluiu que “atualmente existe um crescente interesse pelos instrumentos tradicionais madeirenses, e isso deve-se ao trabalho realizado pelo Xarabanda desde 1981, que desbravou de forma inovadora um caminho nunca antes feito. É um orgulho para a nossa cidade acolher a sede desta Associação que tanto contribui para a preservação das nossas raízes e para a dinâmica cultural do Funchal.”

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...