Portal de Notícias do Município do Funchal.

Miguel Silva Gouveia apresentou espetáculo “Saltos Altos” que aborda questões do universo feminino

Este é um investimento de 28.500€ da Câmara Municipal do Funchal em coprodução com a RA Produções Artísticas de Ricardo Araújo.

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, apresentou esta manhã, o espetáculo intitulado “Saltos Altos”, que marcará a abertura da Temporada Artística 2021/22 do Teatro Municipal Baltazar Dias, já no próximo dia 1 de Setembro. Na ocasião, estiveram também presentes Ricardo Araújo (produção), Juliana Andrade (criação, direção artística e coreografias) e Diana Pita (criação e direção de atores).

Miguel Silva Gouveia começou por anunciar que este era “um dia duplamente feliz”, pois ficou a saber-se que o Teatro Baltazar Dias foi incluído na Rede Nacional de Teatros e Cineteatros “ isto permite olhar para o futuro com boas perspetivas de cooperação a nível nacional, que venham enriquecer ainda mais a programação do Teatro Municipal, uma vez que para além do investimento da CMF, teremos também financiamento do Ministério da Cultura para poder levar a palco vários espetáculos.”

O autarca passou de seguida à apresentação do espetáculo “Saltos Altos”, um investimento de 28.500€ da Câmara Municipal do Funchal em coprodução com a RA Produções Artísticas de Ricardo Araújo, “este é um projeto original, em forma da bailado, que vem abordar questões importantes do universo feminino na atualidade, como é o caso da igualdade de género, do assédio, das injustiças impostas pelos padrões da sociedade, os obstáculos na vida familiar, no acesso a empregos, entre outros.”

“Este é um projeto que nos impele à reflexão sobre o papel da  mulher na sociedade atual e sobre a forma como cada um de nós pode contribuir para uma sociedade mais justa, mais igual, onde possamos olhar para todas as pessoas sem qualquer distinção de género. O trabalho que a CMF tem vindo a realizar neste âmbito é feito nos mais variados campos, e desta vez unimos em cima do placo a vertente cultural e também social, de forma a podermos, junto de todos os tipos de público, continuar a alertar e a lutar pela igualdade”, acrescentou.

O espetáculo tem um custo de 7 euros e estará em cena no Teatro Municipal Baltazar Dias de 1 a 5 de setembro, sendo destinado para púbicos maiores de 16 anos. O elenco inclui jovens e conceituados artistas regionais, o que permite dar uma maior visibilidade ao talento regional, contando com 13 bailarinos, 2 atores e 2 músicos. Paralelamente, está em exposição no Átrio do Teatro uma exposição fotográfica dos 10 cartazes sobre o espetáculo da autoria da fotógrafa Georgina Abreu (de 25 de agosto até 5 de setembro).

O Presidente disse, por fim, que todos os espetáculos continuam a cumprir com as regras de segurança estipuladas pela Direção Regional de Saúde, incluindo a obrigatoriedade de testes rápidos se a lotação for superior a 100 pessoas. “Podem consultar todas as informações necessárias na bilheteira ou nas redes sociais do Teatro. No Funchal nunca paramos de produzir, contamos com todos para o arranque de uma temporada que acreditamos que será memorável, cheia de talentos regionais, de bons momentos, e de partilha de conhecimentos.”

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...