Portal de Notícias do Município do Funchal.

Miguel Silva Gouveia enalteceu a importância da Diáspora madeirense no arranque das comemorações do 10 de Junho

Presidente da CMF destacou que as comemorações não podiam ter começado de melhor maneira, com a homenagem à comunidade emigrante espalhada pelo Mundo.

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, esteve presente esta tarde na Avenida do Mar, na companhia do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para o arranque das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que decorre este ano na cidade do Funchal. O primeiro momento do programa de comemorações foi a tradicional deposição de uma Coroa de Flores no Monumento ao Emigrante Madeirense.

À margem da cerimónia, Miguel Silva Gouveia homenageou, de forma sentida, o papel dos emigrantes madeirenses: “É uma grande honra para o Funchal e para a Madeira receber, este ano, as Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, e não podíamos ter começado de melhor maneira, cumprindo a nossa homenagem anual à Diáspora madeirense espalhada pelo Mundo. A nossa comunidade emigrante é indissociável da identidade regional e onde estiver um madeirense, estará sempre o Funchal. Estas comemorações são, por isso, uma honra e uma alegria, um pouco por todo o globo.”

O Presidente da Câmara Municipal reforçou que “o Funchal estará à altura do significado histórico deste momento e da visibilidade nacional e internacional que estas comemorações assumem para a portugalidade”, recordando que a cidade tem em curso, neste momento, um outro projeto agregador no contexto nacional, envolvendo o arquipélago, a diáspora e as regiões ultraperiféricas europeias, neste caso a candidatura do Funchal a Capital Europeia da Cultura em 2027. “Sob o lema «Além do mapa, uma cidade de encontros», a mais antiga cidade atlântica quer continuar a inaugurar caminhos e ser a primeira urbe ultraperiférica a merecer o título de Capital Europeia da Cultura. Contamos com todos os madeirenses rumo a este sonho, onde quer que eles estejam, e eventos como este preparam-nos para essa meta”, concluiu o Presidente.

O Programa das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é da responsabilidade da Presidência da República, e vai-se estender entre os dias 8 e 10 de junho, sendo composto, a partir de amanhã, pelos seguintes eventos principais: Cerimónia Militar do Içar da Bandeira Nacional; Iniciativa das Forças Armadas; Receção Comemorativa do Dia de Portugal; Cerimónia Militar; e Cerimónia Militar do Arriar da Bandeira Nacional.

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito