O presidente da câmara Municipal do Funchal anunciou, hoje, que a autarquia está apostada em criar «sistemas menos burocráticos, sistemas de linhas abertas, quer com os promotores quer com os clientes, onde os licenciamentos e as autorizações necessárias possam ser atribuídas de forma ágil, rápida, mas muito paragramática e direcionadas para os grandes investidores».

«Foi uma forma bem agradável de juntar o prazer de correr com a defesa de uma causa social. Esta é uma causa que deve ser defendida por todos, sem, excepção». Foi desta forma que o Presidente da Câmara Municipal do Funchal justificou a sua participação de ontem na “Volta à Madeira a Correr”, ao lado de João Paulo Félix, na última etapa do percurso entre a Ponte dos Socorridos e a Praça do Município.

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal defendeu ontem a realização de um fórum anual de debate dos municípios, onde pudessem discutir os problemas que enfrentam.

A Câmara Municipal do Funchal, no âmbito de um protocolo existente com os Serviços Médicos de Urgência, que compreende um stand de testes de antigénio aos visitantes do Mercado dos Lavradores, decidiu possibilitar a todos os empresários com atividade, no Mercado dos Lavradores, bem como os seus funcionários, realizar testes de antigénio para a COVID-19, todas as quintas-feiras, na loja 31 junto à Praça do Peixe, entre as 09:00 e as 12:30.

Pág. 12 de 627