Portal de Notícias do Município do Funchal.

Teatro Municipal Baltazar Dias apresenta o espetáculo “Os qu’emigraRAM”

O espetáculo terá três sessões, amanhã dia 22 de abril às 11h e no dia 24 de abril, às 11h e às 15 horas.

A Câmara Municipal do Funchal, através do Teatro Baltazar Dias, promove o espetáculo “Os qu’emigraRAM”, uma criação de Ricardo Brito com João Paiva, José Gregório Rojas e Sara Cíntia, atores que integram também o elenco.

O espetáculo terá três sessões, amanhã dia 22 de abril às 11h e no dia 24 de abril, às 11h e às 15 horas. Tendo em conta as restrições impostas atualmente, cada sessão terá um limite máximo de 5 pessoas.

Sinopse:

“O que define a tua casa?

Partindo de uma recolha de testemunhos junto daqueles que ficaram, deixando os olhos postos no m(ar), propomos uma viagem pelo mais íntimo das veredas e caminhos desta terra fértil, tentando perceber o que dela brota, se ainda restam razões para sorrir… mesmo que no mais recôndito impasse.

Dizem os lugares-comuns que os que emigraram levaram consigo todas as ilusões, deixaram vidas suspensas, quartos vazios de memórias cheias, acomodaram os afetos ao formato das bagagens, desenharam rugas nos rostos que ficaram, também nos que abalaram, correndo para longe na senda de motivos para regressar.

Que território se constrói, quando toda a sua identidade se encontra em trânsito? Que território se define numa região ultraperiférica? Que território é este, de sonho para quem o escolhe, mas tão sem ilusões para… Os qu’emigraRAM?”

 PARTICULARIdades- Os qu’emigraRAM

De 22 de 24 de abril, o projeto PARTICULARIdades, um projeto desenvolvido pelo Teatro Municipal Baltazar Dias com o apoio da Câmara Municipal do Funchal que visa desenvolver sessões de Mediação e Formação de Públicos, volta com uma apresentação no Foyer do TMBD a respeito do espetáculo ‘Os qu’emigraRAM’.

A diversidade de públicos é fundamental para a promoção de uma participação ativa, crítica e que potencie uma reflexão sobre as Artes Performativas.

Assim cria-se uma ligação entre o trabalho artístico e o público, aprofundando a envolvência do espetador no espetáculo, potenciando a sua participação.

Este projeto desenvolve e apresenta uma multiplicidade de propostas, conectadas com a programação artística, para todos os públicos.

No caso concreto do espetáculo teatral “Os qu’emigraRAM”, prevê-se a criação de vários exercícios interativos, que em tom de jogo darão a possibilidade aos intervenientes de manifestar o seu ponto de vista através de várias linguagens, relativamente a três premissas: os que partiram, os que ficaram e os que voltaram.

- Campanhas CMF -

ARTIGOS RELACIONADOS

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a navegar em funchal.pt está a consentir a utilização de cookies. Aceito Ler mais...